sábado, 17 de novembro de 2007

DIÁLOGO SINGELO


Pai, quem olha daquela estrela pra gente nos vê como estrela também, né?

Dependendo da distância, certamente, filho.

E me diz uma coisa...

Fala.

Com tanta estrela no céu será mesmo que não existe vida noutros planetas?

Quem disse que não há?

É o que se discute.

Mas ninguém prova o contrário.

Porque nunca encontramos outros como nós?

Porque estão distantes, provavelmente.

O que me chateia é porque é tão difícil? Quero dizer, porque não, vida em toda parte?

Chateia não porque há, filho. Por toda parte. Só que ainda não a compreendemos. Mas está tudo vivo por lá, tanto como por aqui. Estrelas são sóis na órbita dos quais outros planetas giram em torno. E eles, os sóis, também estão tão em movimento, como o nosso solzão véio e besta aqui... Pense em como você nasceu. Lembra o que te expliquei? Você foi um dos bilhões de espermatozodezininhos que fecundou um óvulo dentro do útero da mamãe, certo?

Certo.

Um único sortudo entre bilhões! Então pense: se foram necessários bilhões de espermatozóides pra você nascer, a vida inteligente que está no Universo decide que, pra haver vida como a que nós conhecemos, devem haver bilhões de estrelas e planetas em milhões de galáxias, uma mais distante da outra, pra que ocorra um único Planeta Terra habitado de gente com a nossa inteligência. Reparou o valor que existe nisso!

Boa explicação pai. Deve ser isso mesmo. E tanta gente por aí não dá o devido valor que a vida tem. Triste isso, né?

Pois é, filho. Lamentável. Já imaginou se vida como a nossa, com gente como esses que não dão o devido valor, é espalhada por toda parte, quanta guerra, quanta maldade e quanta miséria de parte a parte pode se espalhar pelo Universo?...

É melhor que não se espalhe. O Universo é bem mais inteligente que nós os espertinhos, né, pai?

É verdade, filho. Mais que inteligente, Ele é sábio. E muitos de nós somos menos que espertinhos, são "Os escrotinhos". Portanto, é assim que a banda deve tocar. Vamos ouvir música?

Vamos! Põem então uma mais que inteligente. Ponha uma bem sabida.

Sabida será! Aliás, vou pôr duas. Uma pra fazer você sonhar. Outra pra zelar pelo teu sonho.

15 comentários:

  1. Conheces Buster Williams, meu jovem? Confira lá no jazzigo.

    ResponderExcluir
  2. sergio sonico20/11/07 08:02

    The Cruzaders conheço bem, mas Buster Williams solo acho que nada tenho. Gostei da capa. Estou no computador e na casa de uma maiga em Pentotiba Nikititerói. Assim que chegar em casa vou atrás do baixista na versão jazzy.

    Do Stan Levey lá no Jazzigo é que só o nome me parece familiar. Valeu as dicas.

    Gostei MUITO do Bucky Pizzarelli q vc postou. Baixei o álbum inteiro.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  3. sergio sonico20/11/07 08:05

    "maiga" é amiga. Mas, sabes que sem querer descobri um bom apelido para "amiga magda".

    ResponderExcluir
  4. Sr. sergio Sonico ,seu blog e alguns outros foram denunciados pelo blogger ,sendo assim amanha sera suspensa suas atividades,alem de um rastreamento total ao seu id ASS :Anonimo protegendo as gravadoras

    ResponderExcluir
  5. SERGIO SÔNICO21/11/07 21:51

    Sr. Anônimo, aguardo sua determinação e pena, como bom cidadão. A lamentar os amigos próximos que nunca se manifestaram e (os que mais me interessam, os futuros possíveis amigos que deixarão de conhecer a iniciativa.
    Sem mais pelo momento,
    Subscrevo-me,
    Sergio Sônico

    ResponderExcluir
  6. SERGIO SÔNICO21/11/07 22:15

    Querida Nirvana, viu a ameaça do sr. anônimo, né? Faz minha marca então, tá? Para que, se eu tiver quew morrer, que pelo menos eu morra bonito e todo cheio de dignidade.
    Grato,
    Beijos, companheira. Te amo.

    ResponderExcluir
  7. E aí, Sérjão? Sei que o dia mal começou mas, como predisse, ainda estás por aqui. O texto anônimo e covarde aí tem o mesmo estilo daquele cujo papagaio o acha engraçado a beça -porque bem alimentado- mesmo que nem sua mãe, sua namorada, seus amigos e até mesmo seu bofe o considerem mais. Mas, por dúvida das vias, back-up de seus HTMLs são ainda o caminho mais seguro.
    Quando chegar ao escritório começo a baixar o Michael Franti pois o HD, apesar de menor, está mais vazio. Realmente, ficou bem bacana a 'Family Affair'. Quanto ao CruZaders, com certeza, não é o CruSaders do Wayne Henderson, Wilton Felder, Larry Carlton e Joe Sample, né? Sim, porque não me lewmbro de nenhum Buster Williams na formação da banda. Se bem que eles fizeram uns revivals e aí...
    Já o Bucky Pizzarelli tenho um excelente disco, onde tá?, com seu simpático filho John que é bem bacaninha.
    Ah, e ficou bem bacaninha o texto. Leva jeito o moleque, hehehe.
    Bom, é isso...
    Espero que sobrevivas a mais esse dia.
    Abrações.

    ResponderExcluir
  8. SERGIO SÔNICO22/11/07 09:56

    Pode crer, Edson em tudo que disses há concordância - um senão para o "bofe" eu hein, cruzes! Como diria o peludão: Mas eu não sou gay!.

    Quanto ao CruSaders, foi esse mesmo, com S, que me veio a mente. Mas, como sabes, escuto o som gosto, mas dificilmente gravo os nomes de quem está executando, uma falha imperdoável que nos últimos anos estou tentando corrigir, agora com o prejuízo da memória, que se já não era boa, com a idade, foi prascucuia! Portanto pode ser que exista no Jazz um CruZaders, JÁ QUE A ESPECIALIDADE DE vINYL é jazz. Pesquisarei melhor.
    Um abraço! E valeu a força.

    Em tempo: "Family Affair" por Franti é phoda, né?

    ResponderExcluir
  9. PRONTO! Querido Sônico, já pode morrer bonito....mesmo achando que isso não vai acontecer!!!!!
    Bjs,
    Nyrvana

    ResponderExcluir
  10. caros Sérgio & Berlotas,
    Buster Williams participou de algumas gravações entre 66 e 70 (nada de revival, pois). Para citar alguns: Uh Huh, Live sides, Powerhouse, Lighthouse '68 (esse eu tenho), lighthouse '69, Give peace a chance e The festival album (também tenho). Pode conferir que é bacana. Sérgio, é onzaço que, pelo que você mostra, deverá te agradar.

    ResponderExcluir
  11. SERGIO SÔNICO22/11/07 21:36

    Nyrvana, tank you very MUITO! Agora a quebrada ficou sônica de verdade!

    Vinyl, acabo de conferir os meus Crusaders: muita música avulsa e completos Street Life e Lighthouse só que o meu está escrito '66. Posso ter errado ao trascrever? De qualquer forma vou reouvir.
    Um abraço!

    Nyrva, vou postar um novo álbum (e novo é muito força de expressão) só em tua homenagem. Na verdade esperei o blog de cara nova pra postar essa raridade, beijos! Estou agradicido.

    ResponderExcluir
  12. Ué, Sérjão, o 'bofe' a que me referi é o do anônimo. 'Aquele' que anda enchendo o saco em vários blogs, com uma preferência irritante pelo G&B. E se seu fosse, quem sou eu pra sacanear bofe de amigo, hehehe. Calma...amigo...amigo.
    Bom saber que ainda vives. Quanto ao novo layout, apesar de adorar essa ilustração do clássico 'In The Court Of...', gostava mais do banner anterior. Essa semana estarei mexendo no meu banner também porque aquele pé de 'maria joana' aquarelado tá muito feio.
    Abrações.

    ResponderExcluir
  13. Quer dizer q agora virei até 'protetor de gravadoras'?

    Então, qualquer brincadeira, e bom ou mal gosto o autor sou eu?
    Só me faltava essa...
    Miguelão, el hombre caluniado

    ResponderExcluir
  14. SERGIO SÔNICO23/11/07 14:10

    Edson, se queres saber, esse Migué parece que anda colado contigo. Virou tua sombra, amigo! É ou não? O cara vive lá no gravetos, mesmo insistindo q nunca mais volta. Mas parece que lê seus pensamentos, vê se não é: só de pensar nele, o cara se realiza, logo atrás!... Mas LOGO atrás, Edilso?! RS Maiúsculos!

    Quanto a marca, embora não seja a minha cara (o cara da Court do KC), ela, a marca, tem mais a minha cara... Ops, ficou puxado, né?

    Abraços!

    E se vc voltou aqui pra ver minha resposta, deixo-te uma perginta: Cara!, vc AINDA não provou do Vindicator??? Assim não pode, assim não dá.

    ResponderExcluir
  15. Se você fosse papai seria o papai mais fofo que já existiu...
    E as estrelas do universo não alcançam a imensidão do seu carinho, da sua bondade e da sua luz...
    Te dolooooooooooo miguxo...
    Bjos achocolatados

    ResponderExcluir

Uma obra de arte é um ângulo apreciado
através de um temperamento.
(Emile Zola)