domingo, 3 de fevereiro de 2008

THE DANNY GATTON ANTHOLOGY - HOT ROD GUITAR


Assim como corre nas veias o mesmo sangue humano de um Niemeyer, que projeta a Capital de um país, corre o sangue de outro humano que ao roubar um automóvel, na fuga, arrasta o corpo de uma criança por oito quilômetros no asfalto. O mesmo sangue que ferve subindo às têmporas de Hugo Chaves, suaviza imagem e memória de um Simon Bolívar. Tudo vai depender de como se é lembrado. Até se pode entender se criação, educação, meio ambiente, karma, operam a mágica que distancia um ser humano comum, altruísta ou gênio das artes, de um boçal irracional, todo poderoso ou comum marginal. O que é realmente difícil de entender é porque, em condições aparentemente normais de vida, algumas pessoas se matam. Danny Gatton, por exemplo: que caso intrigante. Matou-se na garagem de sua casa com um tiro na cabeça a um mês de completar 50 anos. Sem bilhete de despedida, sem justificativas, nada. Um tiro, um fim. Porque? Sua música é sempre pra cima. Sua obra maior, ao menos a que conheço, ‘New York Stories’ (postado aqui em novembro de 2007) é aquele típico álbum para encher nossos ouvidos e o espírito de alegria! Um álbum de jazz absolutamente feliz em todos os sentidos. O cara é, sem sombra de dúvidas um dos maiores talentos em seu instrumento (a guitarra) de sua geração. E, se ninguém ou muito poucos aqui no Brasil o conhecem, se não teve uma carreira festejada, consolidada pelos 4 cantos do mundo, seu estilo musical não dava a menor pista de que Danny era uma pessoa deprimida, angustiada, talvez, com um suposto não reconhecimento do talento. Definitivamente, Gatton também não era nenhum Kurt Cobain... Drogas? Talvez. Mas, analisando-o nas fotos, o cara aparece, via de regra, feliz, com seus cabelos glitter bastante fora de época, seu tipo gorducho fanfarrão – ele e sua turma de músicos, no palco -, divertindo-se, seus carros envenenados... Mal comparando, tal suicídio seria tão surpresa a nós, se americanos fôssemos, como o de um Lulu Santos (disse, mal comparando!) da cena nacional.
Enfim, Danny Gatton morreu em 4 de outubro de 1994. Nas buscas pela rede, sua biografia e/ou discos, não aparecem dando mole em qualquer loja/site/blog da esquina... Se não nos nossos, tampouco os encontramos facilmente (os álbuns) nas megastores virtuais – o Amazon tem um acervinho more or less. Mas o mais importante é o petardo que tenho a honra de dividir com os navegantes. Uma compilação oficial, extremamente caprichada e variada da obra de Danny Gatton, com 27 faixas irretocáveis. É desses álbuns raros, excelentes de cabo a rabo! Simplesmente não há faixinha descartável. Todas com o poder de deixá-lo, assim como eu, encafifado com a mesma questão: afinal porque esse doido estourou os miolos às vésperas de completar meio século de vida... Aproveitem, curtam. Não tenho a menor dúvida de que vão curtir! Mas se descobrirem alguma explicação para o suicídio, por favor, este fã aguarda ansiosamente a solução desse mistério.
E não deixe de conferir "New York Stories" postado mais abaixo, aqui no SS.


DANNY GATTON (HOT ROD GUITAR - THE DANNY GATTON ANTHOLOGY DISC 2)
 

20 comentários:

  1. Prezado Sérgio, você anda sumido hein. Bom saber que também gostou do Danny. Fiz uma pequena homenagem em julho de 2007 a ele (http://jazzseen.blogspot.com/search?q=gatton).

    Grande abraço, JL.

    ResponderExcluir
  2. Lester, motivado por isso (essa homenagem ao Danny) fui atrás da obra desse gênio esquecido... Como podem esquecer um gênio?

    A história foi assim: 2 dias atrás, ouvi de novo o "New York Stories" e resolvi ver se alguém do Brasil ou mesmo Portugal falava algo sobre Danny. Encontrei-o no Jazzseen. Uma grande coincidência porque eu era muito a fim de saber o que, justo o psual do jazzseen, achava desse álbum. Daí busquei mais discos e encontrei esse discaço.
    Obrigado.

    Veja como tudo começou:
    http://sergiosonico.blogspot.com/2007/12/danny-gatton-new-york-stories.html

    ResponderExcluir
  3. Mr. Sérgio,
    Agradecimentos mil!!!!!
    Fiquei estupefado (mais ainda por nunca tê-lo ouvido). Um assombro. O cara fluia majestosamente, com uma sensibilidade ímpar e suavidade no toque. Uma pena ter perdido o juízo ao ponto de dar cabo à vida.
    Abraços.
    Jr Ceilândia DF

    ResponderExcluir
  4. Pois é, Jr. Esse cara é um assombro! Visite-lhe o site oficial: http://www.dannygatton.com/ Se teu inglês estiver em dia, quem sabe não acrescentas algo que desvende o mistério?

    ResponderExcluir
  5. A coletânea está muito boa. Um apanhado bastante significativo desse suicidado guitarrista. Valeu.

    ResponderExcluir
  6. Vinyl, o cara é realmente um fenômeno! Enquanto ouvia mais um álbum do mesmo hoje, pensei: não pela sonoridade, mas pela diversidade de estilos, a maneira fácil de passear por todos eles e a “mania” de se manter nas raízes, mas sempre inovando, vc se arriscaria a lembrar um guitarrista similar a Danny Gatton? Acho que esta é a característica que mais me entusiasmou nesse cara, a personalidade estética impar.

    ResponderExcluir
  7. não costumo baixar coletânias - mas essa aí não tem como perder.

    dê uma olhada lá no Eu Ovo pra pegar a banda Café com Blues.

    O som deles é sensacional e mistura muito mais ritmos brasileiros com blues.

    Destaco 'Um bluseiro no sertão', que tem uma analogia com a árvore umbuzeiro.

    muito boa essa banda,

    abs
    Bruno

    ResponderExcluir
  8. mas ficou devendo o new york stories na íntegra.

    acho que agora não tem jeito não - vai ter que uplodear.

    abs

    ResponderExcluir
  9. O New York Stories está na íntegra, Bruno. Essa eu não entendi. Digo (na postagem de New York Stories) que ali tem uma música que amo mais que todas as outras. Em um álbum como aquele, imagina a música!... A mesma, única do “NYS”, que foi selecionada nesta coletânea desta postagem que você pegou. Eu sabia que ela era especial...

    ResponderExcluir
  10. é porque eu não encontrei link pra download - mas vo dar mais uma olhada na postagem.

    abs

    ResponderExcluir
  11. O link está em "ouve aí". Vc deve ter sido o 49ª. Tem álbuns que controlo o nº de dlowds. Devo ser um ditador!... mas é por uma boa causa.

    ResponderExcluir
  12. Olá!

    Conheço seu Blog há pouco tempo, mas já fiquei fão...

    Gosto muito de ROCK (anos 60 & 70 principalmente), Jazz-Rock, Blues, Blues Rock e um pouquinho de Jazz e música clássica.

    Como um colega disse por aí, não dou fã de coletâneas, mas a resenha foi tão bem escrita, que não tive como deixar de baixar.

    Realmente o cara era (infelizmente o verbo tem que ser colocado no pretérito) um assombro!

    Caramba... Estou ouvindo o CD enquanto te escrevo, a faixa 10 do segundo álbum tem um pedaço do tema de THE SIMPSONS (que eu ADORO!)

    Sugiro que você coloque nos seus downloads. Freaks como eu adoram isso!

    Tem um motor de busca sensacional (http://www.mega-search.net/) e foi lá que encontre as capinhas (frente e traseira) desse discaço

    (http://www.allcdcovers.com/show/73075/danny_gatton_hot_rod_guitar_1999_retail_cd/front)

    Mais uma coisa: A faixa 3 do segundo CD apareceu em duplicidade (será que só comigo ocorreu isso? Não veio a faixa 04- Cruisin' Deuce)

    Bom... É isso!

    Parabéns pelo Blog!

    PAZ!
    AMOR!
    ALEGRIA!

    João Carlos

    ResponderExcluir
  13. Pois é, PMFB, este álbum foi baixado do soulseek - o que tinha do DG era só o New York Stories -, já tinha notado o problema e o pior é que no soulseek, embora não aconteça com freqüência, alguns álbuns se proliferam com o defeito do 1º que disponibilizou. E quando ninguém percebe o erro (inda mais álbum duplo com tantas faixas) aí fodeu. Como ainda procuro raridades do Gatton, uma hora as músicas que não estão neste link que vc baixou (acho que é mais de uma, são 3 ou 4) podem aparecer e se vc continuar freqüentando, poderei te passar o link, isso se vc não achar teu jeito de encontrar antes, pra vc conpletar o disco. Obrigado pela dica do site de capas, no que tenho: http://www.freecovers.net/ o Danny Gatton nem consta da lista de artistas. Colocarei suas dicas nos favoritos. E por favor, continue frequentando e comentando. Afinal acho que todo blogueiro se esforça pra isso, encontrar correspondência. Sem vcs a coisa fica muito sem graça ou faz sentido.
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  14. Brother, purple, muito obrigado!, teu motor de busca para capas é muito bom! O que me indicaram era bom mas limitava-se muito ao rock. Já nesse teu, embora não tenha encontrado a capa do álbum acima postado "The Kicker" do Bobby Hutcherson, encontrei outras dele de vários álbuns importantes. E tudo completinho, mais descomplicado de baixar que o tal freecover. Valeu mesmo. Dica totalmente encorporada!

    Agora, quanto as capas, aproveito para explicar, não só a vc como a quem interessar possa, vou continuar postando somente a frente pq meu sistema de arquivamento de álbuns mp3, há mais de 5 anos, é diferente, separado do das capas. E como não imprimo nada em bureau (gráfica rápida), faço pro meu uso no Nero e na minha própria impressora, mudar todo este sistema agora, seria, além de muito trabalhoso, mais uma chateação ética que não quero comprar. E, veja, quem tem seus próprios métodos para as suas capas, se vira com os mesmos do jeito que melhor se adapta. Por exemplo, não sei qual é o seu, mas vc já arrumou uma fonte ótima pra resolver seu problema. Não é assim que funciona? O negócio aqui é disponibilizar a música do álbum para se ouvir e, como já expliquei antes, até incentivar as pessoas a comprarem os originais se gostarem e puderem dispor de dinheiro para tal, claro. Por isso, quando faço minhas capas pros álbuns que gosto muuuito!, em geral uso somente a parte da frente e o Nero fornece um esqueminha rápido e fácil de produzir o resto, belezzz? Então tamos conversados. E valeu, mais uma vez, a dica!

    ResponderExcluir
  15. Falaê Sérgio!

    Legal que você tenha gostado do Mega Search...

    Como gosto de compartilhar (filosofia P2P), indico outros sites de capas (o tal http://www.freecovers.net NÃO abriu):

    http://www.cdcovers.to/

    http://www.giginjapan.com/index2.htm

    http://metalcovers.free.fr/

    http://pochetteexpress.free.fr/index-us.htm

    Quer dizer que somos usuários do São Soulseek, é? A maior invenção do homem depois do fogo, da roda e do bolo de chocolate?

    Meu nick lá é “Purple Man from Brasil” (sem aspas).

    Venha fazer-me uma visita. Tenho muuuuuuuuuitas capas!

    Para montá-las acho o UnderCover XP beeeem mais prático (http://superdownloads.uol.com.br/download/97/undercoverxp/)


    Ah!

    O álbum do Danny Gatton meu está montadinho. Consegui baixar a faixa CD2/04 -Cruisin' Deuce.

    Quanto postar ou não as capas entendo perfeitamente seus argumentos. Você como outros tantos “donos” de blogs são uns heróis.

    Modéstia à parte tenho uma respeitável coleção de uns 1200 CDs originais e 400 LPs (quando o dinheiro não era tããão rateado como agora e os álbuns não eram tão caros).

    Mas eis que surgiram o São Soulseek e os blogs.

    Aí, confesso, reduzi drasticamente a compra.

    Muitos amigos me dizem para criar um blog, que me ajudariam coisa e tal. Além de ser um péssimo admnistrador do meu tempo pessoal, não tenho o saco que vocês – heróis – têm de montar um blog, “upar” álbuns, controlar e responder os e-mails...

    Sinto, mas não dá. Não para mim...

    Até porque hoje consegui baixar mais de dois mil CDs (todos devidamente com capas dianteira e traseira) e tenho ainda uns 400 esperando-as ansiosamente.

    Veja que muitos blogueiros simplesmente abandonaram os blogs justamente porque dá um trabalho hercúleo essa manutenção (sem contar a encheção de saco do ponto de vista da legalidade ou não – mas isso é outra história).

    Então só me resta “chupinhar” os discos de vocês.... Mas pelo menos tento colaborar compartilhando o pouco que tenho, o pouco que sei com quem vale a pena.

    Como por exemplo, contigo.

    Acho que falei demais, né?

    Um forte abraço!


    PAZ!
    AMOR!
    ALEGRIA!

    João Carlos

    ResponderExcluir
  16. Mermão, sinta-se em casa. Tbm entendo os seus argumentos pra não fazer blog. Eu mesmo só o "fiz" pq recebi este de graça, pra não continuar enchendo saco de outros blogueiros com minhas descobertas rarezézimas! É um saco, fazer tudo que tu disse, mas dá prazer, tbm. E o maior, acredite, é conversar com os que tem boas idéias pra trocar por aqui. Vou pôr teu nick na minha lista de users no São Seek (bom nome)... já tá lá, mas tem aquilo das nossas versões coincidirem. Continue por aí que o papo pode rolar solto. E fale o quanto quiser, tbm gosto de escrever.
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  17. Achei um erro. A musica "Cruisin' Deuce" do CD 1 parte 2 é na verdade o Medley de "Mistery Train" repetido.

    ResponderExcluir
  18. dae sergio, tudo tranquilo, cara procuro esse artista ja a mais de 1 ano e encontrei aqui no seu blog, bom , porem ele esta com o link quebrado, quase cai pra tras por que nao encontro nem mesmop link para baixar este cd, mas agora quando vi o link quebrado, minhas esperanças almentaram , pois link quebrado quer dizer que algum dia existiu.... por favor da um up ai pra alegriar esse pobre rapaz. Nao sei se foi so comigo mais depois que ouvi funk mamma, comecei desesperadamente a procura por este cd, nao encontrei nem em lojas de discos raros aqui na minha cidade.... por isso te peço encarecidamente .... da um up ai no link
    brigadao
    abraços

    ResponderExcluir
  19. Amigo, Kadu, em 1º lugar, valeu a visita.

    Siguinte, sou fanzaralhaça do Danny Gaton, mas achei até graça vc tentar encontrar álbuns desse cara por aí. Eu que sempre fui rato de sebo e lojas de discos só ouvi falar (no Brasil) de Gatton nas buscas na internet e assim mesmo pq dei sorte e o Danny "me procurou" - tipo baixava X e o Danny Gatton me veio em Y por alguma música era homônima do q eu procurava ou coisa q valha, senão até hoje nem saberia da existência do cara. Daí em diante baixei tudo q encontrei dele - por falar nisso tem outro Gatton no Sergio Sônico: New York Stories q gosto até mais do q o seu objeto do desejo pq NYS é obra fechada enquanto e Hot Rod Guitar é coletânea. Mas calma q vou resolver o seu problema. Ocorre q esse álbum (por isso lhe dou tanta explicação) eu baixei no soulseek e um dos álbuns (o disco é duplo) me veio pelo soulseek faltando música. Então, por favor, veja se esse link q peguei de blog amigo, está certinho e mais por favor ainda, me diga se deu tudo certo, pq eu mesmo, vou querer baixá-lo mais tarde - perdoe, é a pressa, meu amigo, não tive nem tempo de verificá-lo eu mesmo. Tomara q d tudo certo.

    Abraços!

    ResponderExcluir

Uma obra de arte é um ângulo apreciado
através de um temperamento.
(Emile Zola)