quarta-feira, 10 de junho de 2009

Eugene Maslov (When I Need To Smile) 1999


Pianista de sagacidade genuinamente russa – com aquilo roxão, o bolchevique -, dono de um swing que não veio das estepes, mas vibrante como viçosos girassóis relusentes, Eugene Maslov passeia por standards, de Mercer, Gershwin(s), Miles (Davis), à jobiniana Dindi além de duas boas composições autorais. Descobri o cara recente, coisa de duas semanas, quando ainda mergulhava no oceano abissal do mago Daevid Allen (Gong/Soft Machine). Mas, atenção, Eugene Maslov não está neste álbum roqueiro do Daevid postado mais a baixo, mas numa estranha incursão do bardo (gongadão). Um álbum só de standards totalmente jazzy-bebaço de nome “Eat Me Baby I'm a Jelly Bean” aqui, além de Maslov ao piano, on percussion um dos maiores bateristas que já ouvi na vida, Ndugu Chancler (mas, repetindo, préstenção! O disco "Eat Me Baby I'm a Jelly Bean" não é o indicado aqui. É muito bem executado, pela banda, mas Daevid Allen, me pareceu um tanto ou muito emocionado, se é q o leitor me entende, cantando/executando os tais standards. Emocionadaço. Eu diria. Baixá-lo é por sua própria conta e risco).


Voltando ao que me trouxe, neste "When I Need To Smile" acompanham Eugene, Eddie Gómez, baixo e Omar Hakin, bateria. O destaque absolutamente imperdível, talvez unânime, é o clássico “The Man I Love”. Aqui, tão magistralmente interpretado que vais começar a entender (ahhhh, então é por isso?...) sem maldar, ir lá atrás do duplo sentido, nesse negócio d’aquilo roxo que mencionei cá encima. E o Lula diria, "ou seja" – o Lula é o rei do ou seja, já reparô? Ou seja, pra sentir que aquilo é roxo (tô me complicano...) não precisa vê-lo roxo, sabe? Ou, necessarimante, patolá-lo. A negócio é pr’ouvir, ou seja... sabe? Não, né? Mifu.


video

Eugene Maslov (When I Need To Smile) 1999

Eugene Maslov (When I Need To Smile) parte 2

Para consultas no site oficial do artista.

Sobre o videozinho aqui...

Banda:
Eugene Maslov-piano
Ron Blake-sax
Sean Jones-trumpet
Charles Fambrough-bass
Wilby Fletche-drums


5 comentários:

  1. Ufa! Eu sei q as vzs mempolgo e postos discos de mais e vcs tem mais o q oufir. Mas... finalmente alguém!

    Mas, Fig, baixou as duas partes, né? O filé "The Man I Love" está na parte 2. E a batera, especialmente nessa faixa, está furiosa.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  2. gostei também sergio.
    'the man I love' é realmente furiosa mas eu preferi o piano em 'living in the past'.

    ResponderExcluir

Uma obra de arte é um ângulo apreciado
através de um temperamento.
(Emile Zola)