quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Porra loca é o caralho!


Dá-nos um segundo da lucidez de um Bukowski, que até essas luzinhas bucólicas, tecnikitsch de natal e de noel... Essas mesmas que regem as nossas vidinhas pueris consumistas, vão piscar como o cu do malévolo e nunca mais se apagarão por completo! Aliás, nossa vida com o impublicável é um eterno lusco-fosco.


Se vai tentar

siga em frente.


Senão, nem comece!
Isso pode significar perder namoradas
esposas, família, trabalho...e talvez a cabeça.

Pode significar ficar sem comer por dias,
Pode significar congelar em um parque,
Pode significar cadeia,
Pode significar caçoadas, desolação...


A desolação é o presente
O resto é uma prova de sua paciência,
do quanto realmente quis fazer
E farei, apesar do menosprezo
E será melhor que qualquer coisa que possa imaginar.

Se vai tentar,
Vá em frente.
Não há outro sentimento como este
Ficará sozinho com os Deuses
E as noites serão quentes
Levará a vida com um sorriso perfeito
É a única coisa que vale a pena.


Charles Bukowski

Texto cortesia: Canbeck

5 comentários:

  1. ele transformou a poesia em sexo. oq de fato, há muito tempo era pra ser vista como.

    ResponderExcluir
  2. Não entendo porra nenhuma, mas como lobo não tem de entender mesmo só gosto de viajar nas doideiras sãs, sempre alucinantes expressões de lucidez louca e louca lucidez.
    Bjs e fica na paz.
    Enjoy!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  3. Ô¬Ô Seu Sérgio, que coisa boa encontrar Bukowski aki neste bar sônico fequentado pelos amigos do cara tb, isso mesmo coloca os Coltranes, os Luckys, os Bennys (Carter e Bailey) em cia deste jazzeiro das palavras!!!!

    Ganhei o dia Seu Sérgio!!!!!muitíssimo obrigado!! UHUUUUU IABADABADUUUUUUUUU

    FUIIIIIIIIIIIIIIII
    Ô¬Ô

    ResponderExcluir
  4. Jéssica, minha Bingudinha do meu coração que eu amo tanto q nem sei mais dizer com palavras,

    Marcelo Mayer, o poeta maldito de Sampa, freqüentando aqui já,

    Dear or Alive o blogueiro de rock mais famoso do universo on line,

    E, finalmente, Mauro o carioca mais mineiro ou o mineiro mais carioca, tanto faz pq Minas é a terra, fora das fronteiras do Leblon que mais amo na vida...

    São todos muito bem vindos em minha humilde choupaninha.

    E esse Bukowiski, todos temos razão e a unanimidade aqui né nada né nada burra, esse Bukoviski é PHODA!

    ResponderExcluir

Uma obra de arte é um ângulo apreciado
através de um temperamento.
(Emile Zola)